Economia

Minhas Finanças… Como elas estão?

Sua vida financeira está uma bagunça? Tu estás cheio de dívidas e não sabe como resolver?  Esse é um problema da maioria dos brasileiros.

Durante longos períodos, passamos por estímulos econômicos de consumo. Uma política voltada para a demanda de bens e serviços com um crédito acessível a maior camada da população. Essa é uma política muito usada em tempos de crise, estimular a demanda para que seja criada a oferta.

Entretanto, o Brasil se viu em meio a uma crise política muito grave, o governo sofreu um racha, e todas as propostas de reforma para contornar a crise que se instalava foram barradas, fazendo com que a crise econômica se agravasse. Ai o resto vocês conhecem, demissões, empresas fechando e pessoas endividadas.

Outro fator que agrava o endividamento das famílias, é o baixo estimulo a poupança. Desde sempre estamos sendo estimulados a gastar, gastar e gastar.

Mas como sair dessa bola de neve? Não é fácil. Mas pretendo escrever alguns posts sobre o assunto, não sou a pessoa mais econômica da face da terra, mas espero que escrevendo aqui, dando dicas, possa me ajudar também, e é claro vou postar se consegui ou não, eu espero que eu possa me tornar uma pessoa mais econômica.

Então, vamos lá?

 

Primeiro: Você sabe com que gasta?

Ponto chave é: tirar os extratos bancários dos últimos três ou quatro meses e dividir o grupo de gastos, isso vale para nosso grande vilão também, o cartão de crédito… Todos eles, viu? Ah, não se esqueça dos cartões de lojas… mesmo que esporádicos…quanto você gasta neles?

Provavelmente você vai se assustar… eu também me assustei, os principais gastos são:

  • Comida (supermercado, lanches, jantares .. Tudo que você come .. Que não seja lazer)
  • Roupa
  • Transporte (uber, taxi, carro, gasolina etc.)
  • Lazer
  • Viagens
  • Compras de “coisas” (livros, utensílios em geral, coisas desnecessárias)

Após lentar todos os grupos de gastos, o valor no acumulado dos três ou quatro meses e quanto você gasta por mês, faça a seguinte reflexão: Eu preciso de tudo isso mesmo? O que pode ser cortado 100%? O que eu posso reduzir? Em quantos por cento eu posso reduzir?

Inicialmente faça apenas a reflexão e passe a anotar tudo, mas tudo mesmo que você gasta, até a bala que você compra no ônibus…Vamos começar nossa reflexão…

 

Até o próximo post….

Pamela Sobrinho

Quem escreve?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *