Opinião

A perfeição é uma Farsa

A gente se cobra o tempo todo. Cobramos para ter o resultado esperado, as entregas nos prazos, o corpo desejado. Nos torturamos diariamente para ter uma vida perfeita. Viramos de cabeça para baixo para conta de tudo.

Durante muito tempo eu fui assim, dois empregos, duas pós graduações, academia, dieta, namorado. Notas altas, entregas antes do prazo, uma alimentação rigorosa, uma namorada atenta, uma atleta. Um livro por mês, filmes durante o fim de semana. Sabia de tudo, conhecia tudo. Vinhos, comidas, mercado financeiro.

Mas por muito tempo eu não sabia o que era sentar em paz e não pensar em todas as tarefas que eu tinha para fazer. Tinha cansado de ser alguém compreensivo com os outros, da rigidez e da perfeição.

Não que eu ache que essas coisas de maneira geral sejam ruins, eu ainda tenho dois empregos e entrego minhas tarefas antes do prazo. A diferença que hoje eu não me cobro a perfeição.

Minha alimentação não e mais tão perfeita, afinal podemos ter o direito de comer uma coxinha quando tem vontade ou um doce na TPM, dei um tempo na academia e não sou mais tão atleta, tinha muito tempo que eu estava adiando fazer uma fisioterapia da coluna, e agora me permitir cuidar da saúde. Estou com um emprego fixo e o outro eu saí, agora somente esporádicos. O namoro? Um relacionamento podre deve ser descartado para manter sua saúde mental, e eu não tenho problemas de admitir que só o sustentei tanto tempo por medo de dar errado, como se uma relação sem amor já não fosse errada. E hoje eu já me permito abandonar um livro sem finaliza-lo.

O que eu quero dizer e que a perfeição não existe. E não nos devemos cobrar aquilo que não existe. Já somos muito bons por vencermos dia-a-dia. Se cobrar sobre a perfeição é adoecer diariamente. É ficar preza num padrão que não existe. Sofrer diariamente. Se não deu certo hoje, tudo bem. Amanhã vai ser um dia bem melhor.

Viva como se não houvesse amanhã, assim você vai valorizar cada suspiro de vida.

Pamela Sobrinho

Quem escreve?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *